24/09/2010

Crises de Identidade


Tive uma crise de identidade, " a vida real me assusta, me dá traumas". Penso na morte!
O mundo é duro, injusto, então em que podemos confiar?!
Minhas crises de identidade são aquelas que me causam dores de cabeça terríveis, agora que já conheço meu corpo e meu espírito. Descobri-me uma pessoa irreconhecivel, a mim mesma, é como uma "perna dormente" não temos controle nenhum sobre ela enquanto dorme, podendo apenas esperar que acorde.
Acho que a gente muda RADICALMENTE de dez em dez anos, e há coisas que vão e não voltam mais... Desisti de ser compreendida, ficou mais fácil depois dessa desistência, sofro menos agora, não crio tanto conflito... " e a perna continua dormente".
Muitos conflitos decidi guardar no armário, mas perdi a chave, e lá ficaram guardadas todas as tragédias da minha vida, que foram criadas por mim mesma. Tem horas que me sinto como um passarinho querendo abandonar o ninho, mas temo, não ser suficiente para minha 
sobrevivência longe do que parece, hoje ser eterno.
E com toda a crise de identidade, analisando-a o que restou uma teoria, a "teoria do vaso quebrado", teoria que serviu para comparar pessoas e situações ao longo do meu caminho...Mas esta é uma outra historia

Volto outro dia para contar a " Teoria do Vaso Quebrado"

Nenhum comentário: