18/06/2010

Alerta!!

...Não sou mais a mesma, vertigem das alturas.
Você esta errado! Não é o romance da longa vida que começa.
Não foi nossa razão que deu com os burros n'água.
Não foi a pressa. O livro que falta na estante; e no entanto deveria ficar lá onde esta.
Os grunidos de ciumes. Minhas escapadas pelo grande mundo, suas retiradas p/ dentro da solidão e da solida mansão.
 Não foi nada disso, então, o que? Preciso começar de novo o caderno terapéutico, é um papel que desistiu de dar recados uma imitação da lavanderia com suas máquinas á seco e sua prensa á vapor. Um ralatório ríspido mais ditoso, incofessadamente ditoso, nele eu sou eu e você. E recolho os restos da conversa!!

Nenhum comentário: